quarta-feira, fevereiro 04, 2009

Descoberta (o título emerge das palavras maturadas)

A beleza como é
Vil companheira, esconde-se

em olhos de mulher, permanece

adormecida ― anos, décadas,
por vidas não se faz sabida,

Até, cedo, ou vez tarde,

Mostrar-se em sua forma plena:
Incontrolável, ensandecida,

Toma toda ela corpo e rosto de menina,
Modela graça, dá-lhe ares de felina,

Implode em desejo,
A nua carne contamina
sangue, pele, pêlo,

De maligna ternura.

2 comentários:

Leo. disse...

Não vou dizer que entendi, mas e ai e o livro?

Transitorio disse...

Entao, o livro ta na area.
;)